Header Ads

Notícias de Última Hora

Reunião marca início de trabalhos integrados entre as secretarias de Cultura e Educação

As secretarias de Educação e Cultura do Governo do Amazonas pretendem trabalhar de forma integrada, na promoção de ações voltadas ao público escolar, com foco, principalmente, nos alunos das regiões de maior vulnerabilidade social, na capital e no interior.
O assunto foi discutido pelos titulares das secretarias de Estado de Cultura (SEC), Marcos Apolo Muniz, e de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc), Luiz Castro, em reunião realizada na noite da última terça-feira (22/01), com a presença, também, da diretora-presidente do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), Joesia Pacheco.
O ponto principal da reunião, realizada na sede da SEC, foi a integração das ações entre as pastas, para promover atividades artísticas e culturais no ambiente escolar, tendo como público os alunos da rede pública. “Educação e Cultura são áreas com enorme poder de transformação social e aqui damos o primeiro passo para levar, juntos, atividades que ajudem, também, a tirar os jovens do risco de envolvimento com as drogas e a criminalidade”, destacou Marcos Apolo Muniz.
Luiz Castro ressaltou que a parceria está em fase de planejamento intersetorial, mas adiantou que a ideia é desenvolver, além de projetos artísticos, alternativas socioculturais nas escolas, para tornar o ensino mais atrativo, inserindo música, teatro e dança nas aulas, para motivar e potencializar a capacidade e o talento dos alunos.
“Será um grande incentivo para os nossos jovens, principalmente, os estudantes de escolas públicas localizadas em regiões de maior vulnerabilidade social, onde há indicadores de evasão e repetência, em Manaus e nos municípios do interior. Vamos trabalhar passo a passo, progressivamente, sonhando alto, mas dando um passo de cada vez”, pontuou o secretário da Seduc-AM.
O início da reunião foi marcado por apresentações de alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, da SEC. O Liceu conta, atualmente, com aproximadamente oito mil alunos matriculados, em cursos divididos nas seguintes áreas: música popular, música erudita, dança, teatro, artes visuais e coral.
Também participaram do encontro a secretária executiva da SEC, Esther Rengifo, os diretores do Liceu, Davi Nunes e Cláudia Magro, o secretário executivo da Seduc, Luis Fabian Barbosa, o secretário executivo adjunto da capital, Bibiano Filho, e o secretário executivo adjunto pedagógico, Raimundo Barradas.
Fotos: Michael Dantas

Nenhum comentário