Header Ads

Notícias de Última Hora

Sead inicia programação da Escola Governar com cursos de MBA em Gestão Pública e em Planejamento Governamental

A secretária de Estado de Administração e Gestão, Inês Carolina Simonetti, anunciou, nesta terça-feira (15/01), a realização do segundo módulo do Programa de Pós-Graduação (MBA) da Escola Governar, previsto para iniciar no próximo dia 21 de janeiro. O Programa, que tem parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), oferece dois cursos de MBA: Gestão Pública e Planejamento e Orçamento Governamental.
“Nós estamos empreendendo neste Governo um profundo movimento de reestruturação, de reformas e de inovação. E um dos primeiros passos é a qualificação dos servidores públicos, visando a melhoria dos serviços oferecidos à população”, destacou a Inês Carolina Simonetti.
Os MBAs (especialização Lato Sensu), que iniciaram em novembro de 2018, disponibilizam 50 vagas para cada curso, com 360 horas de carga horária no total. O Programa oferece aulas presenciais de segunda a sexta, das 18h às 21h, na sede atual da Secretaria de Administração e Gestão (Sead), na avenida Constelação, 30, Aleixo. Os alunos ingressos, servidores do Estado, passaram por processo seletivo para acessar os cursos.
Os cursos, conforme ementa, abordam as questões práticas e teóricas que envolvem a formação de talentos para a gestão das organizações públicas brasileiras, em especial para aquelas situadas na região amazônica e, sobretudo, no Amazonas, incluindo a capital, Manaus.
Escola Governar
A Escola Governar, que substituiu a antiga Escola de Serviço Público do Estado do Amazonas (Espea) a partir de abril de 2018, tem a finalidade de implementar as políticas de desenvolvimento e valorização do servidor público estadual a partir de medidas de aperfeiçoamento, qualificação e atualização de servidores, e atuação no planejamento, execução e avaliação de atividades relacionadas.
A parceria entre a Escola Governar e a UEA para os cursos de Pós-Graduação tem como missão formar e aperfeiçoar servidores do Estado na modalidade de especialização Lato Sensu. O projeto tem o objetivo de melhorar a qualidade do atendimento e da prestação do serviço publico.
Foto: DIVULGAÇÃO/SEAD

Nenhum comentário