Header Ads

Notícias de Última Hora

Ipaam fiscaliza lixão clandestino no bairro Colônia Antônio Aleixo


O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), juntamente com policiais do Batalhão Ambiental da Polícia Militar e investigadores da Delegacia de Meio Ambiente (Dema), fiscalizaram, nesta sexta-feira (22/3), um lixão clandestino a céu aberto, localizado na estrada do Aleixo, bairro Colônia Antônio Aleixo.
Os fiscais verificaram que o lixão, apesar do funcionamento irregular ter sido embargado pelo Ipaam desde outubro de 2017, continua recebendo resíduos de origens diversas, classificados como perigosos da Classe I e não perigosos da Classe IIA e IIB, incluindo industriais, domésticos, construção civil e serviços de saúde/hospitalares.
Em outubro do ano passado, o instituto impôs medidas administrativas punitivas por lançar resíduos sólidos, incluindo resíduos hospitalares, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou atos normativos e por descumprir termo de embargo/interdição ao dar continuidade na atividade de deposição de resíduos sólidos na área em questão.
De acordo com o gerente da Gerência de Fiscalização (Gefa), do Ipaam, Hermógenes Rabelo, o responsável já responde criminalmente pela degradação significativa ao meio ambiente por causar poluição aos cursos d’água, à área de preservação permanente, ao solo e queimada de resíduos causando poluição do ar.



“Moradores das localidades próximas relataram que caminhões de empresas prestadoras de serviços de destinação de resíduos, oriundos de empresas do Distrito Industrial de Manaus, chegam ao local nos horários noturnos para desviarem da fiscalização, além disso, citaram que são ameaçados pelo proprietário da área para que não façam qualquer denúncia sobre esse fato ilegal”, informou Hermógenes.
Após apuração desse fato degradador do meio ambiente, o Ipaam estabelecerá estratégias de identificação da origem dos resíduos relatados para fins de responsabilizar as empresas envolvidas solidariamente com esse crime em tela.

Nenhum comentário