Header Ads

Notícias de Última Hora

Em nota, Sinteam nega que esteja negociando cargos e mantém greve

Em nota emitida hoje, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam) negou que esteja negociando cargos com o governo do estado e sendo massa de manobra do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

O desmentido foi feito após circularem em grupos do aplicativo Whatsapp uma mensagem de áudio em que supostamente uma professora tenha denunciado uma negociação para que a ex-senadora Vanessa Grazziotin receba um cargo no governo.

"A greve está mantida e nosso papel é defender os interesses da categoria e não interesses particulares ou partidários", afirmou a presidente da entidade, Ana Cristina Rodrigues.

Segue a nota do Sinteam:


NOTA DE ESCLARECIMENTO

Circula desde ontem um áudio sem identificação nos grupos de WhatsApp atribuído a uma suposta professora em que ela afirma que a professora Ana Cristina Rodrigues, presidente do SINTEAM, decretou greve na rede estadual de ensino pelo fato de o PCdoB, partido ao qual ela é filiada, estar negociando cargos no governo Wilson Lima.

Tal negociação estaria sendo feita na mesa de debates sobre o reajuste salarial.

Sobre isso, o SINTEAM e a professora Ana Cristina Rodrigues têm a esclarecer:

1) a greve foi decidida pela categoria, em assembleia geral, no dia 2 de abril. O SINTEAM não tem poder, sozinho, para chamar uma greve se não for da vontade da categoria;

2) A mesa de negociação é composta pelo comando de greve (formado por membros da diretoria do SINTEAM e por trabalhadores da base), além da Asprom, que acompanha tudo, embora a carta sindical (documento do Ministério do Trabalho concedido a apenas uma organização num Estado) seja do SINTEAM.

3) Não existem representações partidárias dentro dos organismos do sindicato, embora sejam respeitadas as escolhas partidárias que as pessoas como indivíduos façam, aliás esse direito é garantido na Constituição Federal do Brasil.

4) O áudio trata-se, portanto de Fake News, e de mais uma tentativa de dividir e criar dúvidas na categoria.

5) Amanhã, dia 14, às 16h, o SINTEAM realiza assembleia geral para a categoria avaliar a contraproposta do Governo e decidir os rumos da greve.

No mais, a professora Ana Cristina Rodrigues desafia a autora do áudio a se identificar e participar da assembleia de amanhã e não se esconder por detrás de um áudio anônimo.

Nenhum comentário