Header Ads

Notícias de Última Hora

Fundo de Promoção Social promove a 4ª Ação Social do Programa Crédito Solidário

A ação atraiu empreendedores da capital interessados em obter crédito desburocratizado
O Governo do Estado do Amazonas, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), realizou, nesta quarta (15/05) e quinta-feira (16/05), no Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, zona norte da capital, a 4ª Ação Solidária do Programa Crédito Solidário. A ação teve como objetivo realizar o cadastro de novos proponentes interessados, além de ofertar serviços de cidadania e beleza para a população daquela região.

Para a Secretária Executiva de Assuntos Administrativos do FPS, Kathelen Santos, atividades como essas são importantes para os empreendedores amazonenses que precisam de um impulso para alavancar os negócios.

“O programa viabiliza o financiamento desburocratizado para micro e pequenos empreendedores. O financiamento vai poder facilitar o investimento que esse empreendedor quer fazer com o próprio negócio. Os financiamentos vão de R$ 200 a R$ 2 mil reais e esse empreendedor vai poder investir em equipamentos e materiais, alavancando ou até mesmo iniciando alguma atividade que tenha parado em algum momento”, explica.

A empreendedora Tatiana Balbi, de 33 anos, se interessou conseguir crédito pelo programa depois que ficou sabendo do financiamento através de uma amiga que já havia sido contemplada.

“Eu já tenho o meu negócio de bolos e doces há um ano e alguns meses e eu estou aqui pra tentar esse crédito pra que eu possa comprar mais coisas pra investir. É uma ótima oportunidade para nós, mulheres empreendedoras. É a chance que a gente precisa pra crescer no mercado e também pra quem quer começar seu próprio negócio.”

Programa Crédito Solidário

O programa, que tem como objetivo o resgate social e econômico de pessoas em situação de vulnerabilidade, atua orientando e desburocratizando o acesso ao crédito aos micros e pequenos empreendedores amazonenses. O público-alvo são pessoas físicas maiores de 18 anos. Para se cadastrar, o solicitante deve estar com o CPF regularizado e não possuir dívidas em bancos. Com este método de movimentação de renda na capital, o programa Crédito Solidário busca diminuir o número de pessoas em situação de risco, oferecendo um meio de investimento seguro para estimular o trabalho formal ou informal.
Ação Integrada

Nesta quarta edição, o FPS promoveu uma campanha integrada com outras secretarias e entidades públicas do Estado, como a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), que levou ao local ações de cidadania como emissão de primeira e segunda via de RGs e certidões de nascimento. Além disso, nos dois dias de ação, o Ônibus da Mulher ofereceu atendimento e orientação às mulheres em situação de vulnerabilidade. A titular da Sejusc, Caroline Braz, reforça que o trabalho integrado entre os órgãos do Governo do Estado é uma forte marca desta gestão.

"A parceria entre secretarias é algo muito positivo para a população. Hoje nós também fizemos a triagem do público atendido pela Sejusc a ser cadastrado no Programa Crédito Solidário", explica. "Sob orientação do Governador Wilson Lima estamos trabalhando todos os dias para ampliar os serviços oferecidos e atender com efetividade as demandas da população", complementa.

Outra parceria foi a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped) que realizou 50 atendimentos em quase 48 horas de ação. Além de levar orientações dos serviços disponibilizados às Pessoas com Deficiência (PcDs), também foram feitos cadastros para as emissões do Passe Legal Intermunicipal e Interestadual e entregas de alguns cartões solicitados anteriormente na sede da secretaria.

"Eu recebi uma ligação informando que poderia receber meu Passe Legal aqui no Padre Pedro (Centro de Convivência). Como moro na Cidade Nova, facilitou demais essa ação por aqui. Agora estou com meu benefício em mãos", disse a usuária de cadeira de rodas, Simone Pereira.

Os cidadãos que compareceram nos dois dias de ação também contaram com outros serviços, como emissão de carteira de trabalho, cadastramento em vagas de emprego do Sine, ofertados pela Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), e serviços de beleza como cortes de cabelo, design de sobrancelha, limpeza de pele e massoterapia, oferecidos pelo Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).
Fotos: Yasmin Silva / FPS

Nenhum comentário