Header Ads

Notícias de Última Hora

Governador em exercício Josué Neto convoca gabinete de crise e pede reforço na segurança da população

O governador em exercício, deputado estadual Josué Neto, convocou uma reunião, na noite desta segunda-feira (27), com a cúpula da segurança pública e pediu reforço no policiamento das ruas para evitar que o conflito iniciado nas unidades prisionais comprometam a segurança da população.

“Na qualidade de governador em exercício fiz alguns encaminhamentos. Pedimos a imediata intensificação de homens nas ruas, policiais militares e civis, aumento do efetivo nas unidades prisionais para reforçar a segurança dentro e fora dos presídios”, afirmou. “Entendo que precisamos garantir a segurança nas ruas nesta madrugada e nos próximos dias. Entendo que o policiamento na rua é o mais importante”, completou.

Segundo ele, é uma ação preventiva para impedir que o conflito que resultou nas mortes de 40 detentos, em quatro unidades prisionais de Manaus, tenha reflexos fora das penitenciárias. “Eu não poderia ficar omisso. Se existe a infeliz expectativa de que mortes podem acontecer fora dos presídios, nós precisamos intensificar nossas ações”, afirmou.

Josué Neto também solicitou reforço no serviço de inteligência e a formação de uma comissão permanente para traçar estratégias para o sistema prisional a médio e longo prazo. “Solicitei a criação de um comitê permanente formado por todas as instituições de segurança e demais instituições envolvidas para que conversassem entre si e pudessem tomar atitudes integradas. A crise prisional no Amazonas não é uma febre que vem e vai. Depois do que aconteceu em 2017 nunca mais a sociedade ficou tranquila em relação aos presídios do nosso Estado”, disse.

Em 2017, 56 detentos morreram no Complexo Penitenciário Anísio Jobim.

A reunião ocorreu no Centro Integrado de Controle e Comando do Amazonas (CICC), no bairro Petrópolis, com os órgãos do sistema de segurança, prisional, judiciário, Assembleia Legislativa, Ministério Público do Estado (MPE-AM), Defensoria Pública do Estado (DPE-AM) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Também participaram da reunião os deputados Delegado Péricles, Roberto Cidade, Saulo Vianna e a deputada Alessandra Campêlo,

Ações

Outras providências adotadas pelo sistema de segurança são: transferência de presos para unidades federais; suspensão das visitas por 30 dias; reforço no policiamento nas muralhas e entorno dos presídios, com monitoramento aéreo; e solicitação de reforços federais da Força Tática de Intervenção Prisional.

Nenhum comentário