Header Ads

Notícias de Última Hora

Desembargador Flávio Pascarelli recebe alta médica em SP após quase 50 dias internado


O magistrado passou por cirurgias e tratamento com antibióticos por conta de problemas na região abdominal


O desembargador Flávio Pascarelli, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e atualmente diretor da Escola de Magistratura do Amazonas (Esmam), recebeu alta médica na manhã desta quarta-feira (31/7) e deverá deixar o hospital Sírio Libanês, em São Paulo, hoje à tarde. O magistrado passou 47 dias internado devido a complicações provocadas por uma obstrução intestinal.

Desde o início do problema de saúde, Pascarelli se submeteu a seis procedimentos cirúrgicos, sendo dois em Manaus e o restante na capital paulista. Familiares e amigos comemoraram a boa notícia. “O tão esperado dia chegou. Após 47 dias de hospital, o doutor Kalil acabou de nos dar alta. Sairemos daqui, do Sírio Libanês, hoje à tarde. Obrigada a todos que torceram e oraram pela recuperação dele”, destacou a esposa do magistrado, em rede social.

Pascarelli ainda permanecerá em São Paulo por mais duas semanas para realizar o acompanhamento médico nesses primeiros dias após a alta hospitalar. Em seguida, deverá retornar a Manaus.

Enquanto o magistrado está de licença para tratamento de saúde, a juíza Mirza Telma de Oliveira Cunha, titular da Vara de Registros Públicos e Usucapião da Comarca de Manaus, tinha sido designada para exercer a função de juíza convocada para atuar como desembargadora da Corte. A Portaria de Convocação (nº 1762/2019-PTJ), assinada pelo presidente do TJAM, desembargador Yedo Simões, foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) no dia 11/7.

O diretor da Esmam, Flávio Pascarelli, esteve à frente da Presidência da Corte Estadual de Justiça no biênio 2016-2018, sendo o 98º presidente do TJAM. Ele integra a magistratura amazonense desde 1984 e já assumiu várias funções dentro do Poder Judiciário e também da Corte Eleitoral.

Nenhum comentário