Header Ads

Notícias de Última Hora

Empresário do Amazonas que fornece merenda à Seduc é alvo de operação da Polícia Federal


Na manhã desta terça-feira (30), a Polícia federal do Amazonas realizou busca e apreensão na residência do empresário Gustavo Bento, na zona centro-sul de Manaus.

A operação investiga possíveis irregularidades em contratos com a Seduc, que fornecem merenda escolar.

Ele é cunhado do empresário Zé Lopes, o famoso empresário que opera a décadas em contratos no Estado e que foi preso há pouco tempo na operação Arquimedes.

Gustavo é dono da empresa G. H. Macário Bento, que fornece almoço e lanche para os alunos da rede estadual de ensino.

Também agora de manhã, a PF cumpriu mandado de busca e apreensão na Full Copy Equipamentos e Suprimentos de Informática Ltda., localizada no bairro Planalto, Zona Centro-Oeste de Manaus.


A Full Copy também pertence a membros da família de Zé Lopes. De julho de 2012 até o dia 19 de abril de 2018, já no governo de Amazonino Mendes, amigo de Zé Lopes, a empresa faturou mais de R$ 45 milhões (incluindo contrato com a Prefeitura de Manaus) para fornecer impressoras (locação) e serviços de cópias e até de faxes.

No dia 8 de maio deste anos, ZÉ Lopes foi preso na Operação Ojuara, deflagrada pela Polícia Federal com o objetivo de "desarticular organização criminosa dedicada a crimes ambientais, responsável por extensos desmatamentos no sul do Amazonas, lavagem de dinheiro e corrupção, praticados em tese por servidores públicos, por policiais militares lotados na cidade de Boca do Acre/AM e por grandes pecuaristas da região sul do Estado do Amazonas".

Zé Lopes é dono de mais de 100 mil cabeças de gado na cidade amazonense de Boca do Acre.

Nenhum comentário