Header Ads

Notícias de Última Hora

Preservar a floresta no Amazonas é manter o modelo da ZFM, diz Corado


O prefeito de Amaturá Joaquim Corado participou nesta quarta-feira (11/09) de audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (Cdeics), presidida pelo deputado federal amazonense Bosco Saraiva. Na audiência, o reitor da Universidade do Amazonas, Silvio Puga, propôs a criação do ECOPIM, um selo ecológico a ser aplicado ao Polo Industrial de Manaus (PIM), certificando as empresas que possuem política de preservação ambiental.

Corado foi o único Prefeito do Amazonas convidado pelo deputado federal para a audência. Participaram também o deputado estadual Serafim Corrêa, o vereador da Câmara Municipal de Manaus, Elias Emanuel, o senador Plínio Valério, o pesquisador da Universidade do Amazonas Alexandre Rivas e o coordenador Nacional de Articulação da Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam/Brasil), Leon Patrick Afonso de Souza.

Segundo Joaquim Corado, o encontro foi importante para chamar a atenção da Zona Franca de Manaus e estabelecer um contraponto com o Sínodo da Amazônia que vai acontecer no Vaticano (Roma) por iniciativa do Papa Francisco, bem como fornecer subsídios para o encontro, do qual nenhuma autoridade brasileira do Executivo e Legislativo foi convidada.

“O que é mais importante de tudo isso é que está tentando criar no âmbito da Câmara Federal, um espaço para se discutir a questão da Reforma Tributária para mostrar a importância da preservação da Zona Franca de Manaus para que não haja devastação da floresta”, afirmou Corado.

Dos estados que formam a Amazônia, o Amazonas possui o maior percentual de floresta preservada, 98% do seu território. “Isso em parte se deve a Zona Franca de Manaus que gerou atividades econômicas, contribuindo para a manutenção da floresta em pé”, observou.

Nenhum comentário