Header Ads

Notícias de Última Hora

De cofres vazios e em meio a disputas eleitorais, Presidente Figueiredo completa 38 anos sem festa


No dia em que completa 38 anos, o município de Presidente Figueiredo (distante 128 Km ao norte de Manaus) teve uma manhã de manifestações contra e a favor do prefeito cassado Romeiro Mendonça, que voltou ao cargo após decisão liminar do desembargador Jorge Lins.


As manifestações contrárias ocorreram em frente a rodoviária da cidade e reuniu mais de 300 pessoas. "Não é possível que depois da comprovadas as fraudes eleitorais do prefeito ele ainda seja mantido no cargo. A cidade está entregue às baratas e os cofres saqueados e o município não aguenta mais essa situação", disse um dos manifestantes.


Na prefeitura, as informações são de que Romeiro convocou comissionados, secretários e demais funcionários da prefeitura para participar da manifestação a favor. "Estou aqui por que ameaçaram de demissão, mas eu não concordo com o que estão fazendo com o município", afirmou um manifestante que preferiu não se identificar por temer retaliações.


Romeiro Mendonça e o vice, Mário Jorge Bulbol Abrahão, ambos do PDT, foram comdenados pelo TRE-AM por fraude nos recursos de doação de campanha com objetivo de ocultar as fontes, tendo recebido dinheiro de empresas, o que é vedado pela atual legislação eleitoral. Os valores transferidos de forma irregular, configurando também Caixa 2, variavam de R$ 10 a R$ 70 mil.

Nenhum comentário