Header Ads

Notícias de Última Hora

‘Em 2020, vamos expandir as ações da CDC/Aleam para o interior do AM’, destacou Dep. João Luiz


Na manhã desta terça-feira (4), durante a abertura do ano legislativo, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o deputado estadual João Luiz (Republicanos) ratificou seu compromisso com o Amazonas e os amazonenses e destacou que, em 2020, irá expandir as ações da Comissão de Defesa do Consumidor (CDC/Aleam) para o interior do Estado.

“Temos ciência do tamanho do nosso Estado e das dificuldades enfrentadas pelos consumidores amazonenses na capital e, principalmente, nos municípios e nas comunidades mais distantes. Para enfrentar esses obstáculos e buscar melhorias na prestação dos serviços, vamos expandir e intensificar as ações da CDC/Aleam para o interior do Amazonas”, afirmou João Luiz, que também é presidente da CDC/Aleam.

De acordo com João Luiz, mesmo tendo realizado audiências públicas e reuniões técnicas com concessionárias de energia, telefonia e internet ao longo de 2019 para cobrar qualidade dos serviços, alguns municípios ainda amargam prejuízos.

“Em 2019, trabalhamos muito e encaramos verdadeiras batalhas para garantir resultados positivos para os consumidores amazonenses. No entanto, nos últimos dias, temos registrado um grande número de reclamação de Tefé, Atalaia do Norte e Tabatinga contra a empresa de energia elétrica. A população desses municípios está sofrendo com a falta de energia, cuja interrupção dura até quatro dias, o que é um absurdo. É um serviço essencial e não pode sofrer longas interrupções”, disse o parlamentar, ao ressaltar que essa falha no fornecimento de energia interfere de forma negativa no desenvolvimento econômico e turístico do interior do Estado.

Na avaliação de João Luiz, a descontinuidade dos serviços afasta potenciais investidores. “Temos um Estado rico e com um imenso potencial turístico. Mas as falhas constantes no fornecimento de energia, telefonia e internet trincam a imagem dos nossos municípios e afastam possíveis investidores”, afirmou o Republicano, ao acrescentar que, por meio da CDC/Aleam, irá cobrar efetividade dos serviços prestados aos consumidores amazonenses.

Texto: Jeane Glay
Fotos: Mauro Smith

Nenhum comentário