Header Ads

Notícias de Última Hora

“Sem novidades e sem soluções”, classificou Dermilson sobre a mensagem do governo


O deputado Dermilson Chagas (PP) lamentou que a mensagem do governador Wilson Lima (PSC), feita na manhã desta terça-feira (04) na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), tenha sido sem nenhuma novidade ou perspectiva de melhorias na saúde, educação e segurança. O parlamentar ainda afirmou que o chefe do Poder Executivo “infelizmente” fará um voo cego neste ano de 2020.

Dermilson criticou a atitude do governador na Assembleia que durante a leitura da sua mensagem, exaltou o seu governo sem dados e sem consistências. “Infelizmente eu esperava alguma novidade na área da segurança, saúde e educação. Até mesmo um projeto inovador que trouxesse solução nessas áreas mais afetadas, mas não vimos. O governador acaba de perder uma oportunidade de informar melhoria e desenvolvimento no nosso Estado”, disse.

O deputado ainda lamentou a falta de informações sobre concursos públicos e chamamentos de concursados em certas áreas que estão na lista de espera. “Ele não está fazendo o seu dever de casa, está simplesmente vivendo sem horizonte. Então, o governador faz um voo cego nesse ano, igual o ano passado”.

Servidores públicos proibidos

Sobre a proibição dos servidores públicos de reivindicarem seus direitos dentro da Aleam, Dermilson repudiou a atitude do governador, afirmando que a medida é idêntica a uma ditadura. “O governo bota todo o seu aparato pensando que aqui é a casa da mãe Joana, enquanto isso, o povo fica no sol do dia revindicando aquilo que não foi cumprindo e que é de direito deles. Isso é absurdo. Aqui é a casa do povo. E o governador proibir a entrada dos servidores e liberar apenas o seus amigos para aplaudi-lo, não é nenhum um pouco democrático”, afirmou.


Foto: Márcio Gleyson/Aleam

Um comentário:

  1. Muito bem dep. Sem horizonte e sem futuro para i povo.
    O novo não passa de uma velha ditadura.

    ResponderExcluir