Header Ads

Notícias de Última Hora

Caso Flávio: Justiça expede mandado de prisão de Alejandro Valeiko e ele se apresenta


Documento foi oficializado após STJ derrubar habeas corpus de acusado de participar no homicídio de Flávio Rodrigues.


A Justiça expediu nesta terça-feira (17) o mandado de prisão de Alejandro Valeiko, acusado pelo homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues no ano passado. A medida ocorre após a determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de restabelecer a prisão dele.

Após ser comunicada, a juíza Ana Paula de Medeiros Braga Bussulo determinou a expedição do mandado de prisão contra o réu.


"Diante da decisão do Colendo Superior Tribunal de Justiça, cuja ordem de restabelecimento da prisão de Alejandro Molina Valeiko, foi devidamente comunicada a este Juízo de primeiro grau para cumprimento, determino a expedição do competente mandado de prisão", diz a decisão, assinada nesta segunda-feira (16).

O advogado de Valeiko, Diego Gonçalves, disse que, após tomar conhecimento da decisão, comunicou o judiciário para informar que o réu está à disposição para eventual restabelecimento da prisão.

"Pedimos a revogação da prisão e a suspensão do mandado porque ele continua sendo monitorado eletronicamente", complementou.

Réus são denunciados

A 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus aceitou denúncia apresentada pelo Ministério Público Estadual (MPE-AM) no processo que apura o homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues do Santos.

De acordo com o Tribunal de Justiça, a partir do recebimento da denúncia, passam a figurar oficialmente como réus no processo: Alejandro Molina Valeiko, Elizeu da Paz Souza e Mayc Vinícius Teixeira.

No mesmo processo Paola Molina Valeiko responderá por fraude processual e José Edvandro Martins de Souza Junior por denunciação caluniosa.

Nenhum comentário