Header Ads

Notícias de Última Hora

Manauaras são orientados a adotar consumo consciente de água durante a quarentena

No período de enfrentamento do novo coronavírus na capital, a maioria dos manauaras permanece em casa após recomendações de órgãos de saúde e governamentais para adoção da quarentena, com o intuito de diminuir o risco de contaminação pelo vírus. A água tratada passou a ser um item essencial no combate a pandemia, principalmente no processo de higienização das mãos.

Por dia são captados e tratados 630 milhões de litros de água, que abastecem 98% da área urbana de Manaus. Apesar da produção ser suficiente para a cidade, a concessionária responsável pelo sistema de abastecimento da capital, a Águas de Manaus, tem orientado os consumidores a aderirem ao consumo consciente do líquido durante este período. O objetivo é que a população utilize a água de maneira correta, evitando desperdícios ou um aumento inesperado no valor das faturas.

Algumas orientações da concessionária são bem simples e podem ser aplicadas imediatamente pela população. Uma das dicas é que as pessoas fechem a torneira enquanto lavam as louças e escovam os dentes, evitando que um volume considerável de água seja desperdiçado. Fechar a torneira ou diminuir o volume de água enquanto ensaboa e esfrega as mãos (uma das principais medidas de higienização contra o coronavírus) também é outra medida que pode ser aplicada no dia a dia. Ao utilizar qualquer torneira, a pessoa deve sempre se certificar que ela foi fechada adequadamente. Uma torneira pingando pode desperdiçar mais de 40 litros de água por dia. 

Outra orientação da Águas de Manaus é que as pessoas evitem lavar carros e o pátio diariamente com água tratada. Essas atividades podem ser realizadas, inclusive, com água reutilizada da máquina de lavar (que já vem com sabão) ou até mesmo da chuva e sempre utilizando baldes em vez de mangueiras. Falando nisso, jamais utilize a mangueira para lavar calçadas. Esse é um dos “vilões” do desperdício na cidade. Em 10 minutos com a torneira ligada, mais de 200 litros de água podem ser desperdiçados apenas com essa atividade. Não passar mais tempo do que o necessário no banho (no máximo 15 minutos) também auxilia na economia da água no período de enfrentamento a Covid-19. Além disso, pode-se adotar um tempo menor para lavagem de roupas, limpeza da casas e similares.

De acordo com a Coordenadora de Responsabilidade Social da Águas de Manaus, Geaneide Vilhena, economizar água neste momento é uma questão que vai além do lado financeiro. “Quem utiliza a água de maneira correta, contribui para melhoria da qualidade de vida da população e para o meio ambiente. Sem contar que, neste momento de pandemia, precisamos combater o desperdício de água. Com a família inteira em casa, as pessoas estão consumindo um maior volume de água tratada. Mais do que nunca, é importante a utilização da água de forma adequada, a economia e a reservação. Pedimos que as famílias aproveitem e se conscientizem. A água tratada é essencial no enfrentamento ao novo coronavírus”, argumentou Geaneide.

O consumo de água na cidade aumentou com o isolamento social das últimas semanas. Para efeito de comparação, antes da pandemia, os sábados e domingos em Manaus eram os dias que apresentavam o consumo mais elevado de água, por conta das pessoas passarem mais tempo em casa nos finais de semana. Desde o início da quarentena na capital amazonense, todos os dias da semana passaram a ter um consumo próximo ao de sábado e domingo. A Águas de Manaus atende 98% da cidade, beneficiando mais de 2,2 milhões de pessoas em todas as regiões de Manaus.

Novos hábitos 

Outra ação que a concessionária vem reforçando com a população é que as pessoas criem o hábito de reservar água, instalando caixas de água adequadas em suas residências quando possível, ou utilizando recipientes fechados, como galões.  “Lembramos sempre que a caixa d’água precisa ficar sempre tampada da maneira correta e ser limpa a cada seis meses, para evitar sujeira ou contaminação da água que o morador consome”, disse Geaneide. 



Para economizar durante este período, os moradores ainda podem fazer a captação de água da chuva em depósitos com tampa, para evitar proliferação de mosquitos. “Essa água pode ser reaproveitada na lavagem de pátios, calçadas, quintal, casa do cachorro, carros, entre outras. Isso também ajuda muito na economia de água”, disse Geaneide Vilhena. 

A Águas de Manaus também alerta sobre os vazamentos de água. A concessionária pede que a população entre em contato imediatamente ao perceber qualquer ocorrência que cause desperdício de água pelas ruas da cidade. Cerca de 500 lideranças comunitárias que atuam no programa “Afluentes” também auxiliam a empresa nesse trabalho de identificação de vazamentos, possibilitando um tempo de resposta mais rápido para a correção do problema. “Quanto mais rápido o vazamento for corrigido, menor será a quantidade de água perdida. Por isso, incentivamos as pessoas a ligarem para o Call Center da empresa ou entrarem em contato através do Whatsapp ou do site para a resolução dessas demandas”, destacou Geaneide.

Os moradores também podem comunicar sobre vazamentos internos, solicitar vistorias e tirar dúvidas sobre questões que podem aumentar o consumo de água no mês. Para isso, o cliente da águas de Manaus tem a sua disposição, os canais virtuais de atendimento, que estão em funcionamento 24h por dia: SAC 0800-092-0195, Whatsapp 98264-0464, site aguasdemanaus.com.br e aplicativo Águas APP. Os perfis da concessionária no Instagram (@aguasdemanaus) e Facebook (facebook.com/águasdemanaus) possuem outras dicas sobre consumo consciente da água.

Nenhum comentário